As crianças hoje em dia, desde muito cedo, já possuem personalidade e sabem exatamente o que querem vestir, onde e quando. Influenciados pela internet e pela facilidade de informações, ficam por dentro da moda e das últimas tendências. E com a moda praia infantil não é diferente. Afinal, praia, piscina e crianças são uma combinação perfeita.

Mas, a moda praia infantil não é feita apenas de cores e modelos. É preciso levar em consideração sempre outros fatores como, por exemplo, o conforto e a proteção das crianças. Afinal, os dias de verão são quentes e as crianças costumam passar horas e horas na praia ou na piscina.

Crianças adoram cores e estampas. Gostam de se divertir, até mesmo quando escolhem e usam suas peças de roupas de praia. Por isso, nossas peças reúnem tudo o que as crianças mais gostam e precisam: cores, estampas, conforto e proteção. E tudo isso sem perder o estilo.

A importância da proteção UV nas peças de moda praia infantil

É difícil tirar a garotada de dentro da água para lembrar de passar filtro solar. Por isso, usar roupas com tecido com proteção UV ajuda bastante. Esses tecidos realmente funcionam, pois refletem a maior parte dos raios ultravioletas, fazendo com que apenas uma pequena parcela desses raios sejam absorvidos pela pele.

Crianças não se preocupam tanto com pegar aquele bronze. Mas não tem jeito, acabam ficando vermelhas por causa dos longos dias que passam entre a praia e a piscina. Ao usar roupas com proteção UV, as crianças evitam que pelo menos aquelas partes do corpo queimem. Para os pais, isso significa uma preocupação a menos.

Por isso, para os meninos, as camisetas de manga longa são uma excelente opção. Já para as meninas, além das camisetas, também temos a opção dos bodies.

Qualidade x conforto

As roupas de praia infantil geralmente são feitas de fibras sintéticas, microfibra ou poliéster. Esses tecidos são ótimos, pois secam rápido e são bem leves e são bastante adequados para a praia.

As peças precisam também ter bom acabamento, para não machucar as crianças, especialmente se tiver alguma coisa pendurada ou pregada, como pedras, franjas e outras coisas que possam machucar. Até mesmo as etiquetas, que contém informações importantes sobre como lavar e conservar melhor a peça, precisam ser feitas com um material que não incomode.

O modelo não deve ficar apertado na criança, especialmente camisetas, bodies e maiôs. Se ficarem muito apertadas, vão acabar dificultando os movimentos da criança e causando um desconforto bem grande. Tenha certeza que a criança não vai querer usar a roupa apertada novamente.

Da mesma forma, a roupa não pode ser grande demais, pois vai ficar caindo e atrapalhar a criança na hora de correr e nadar. É preciso comprar a numeração exata.

Liso ou estampado

O tipo de roupa de praia ideal depende bastante da idade e da personalidade da criança. Mas acredite, há alguns padrões que você deve levar em consideração na hora de comprar, especialmente se a criança não for seu filho ou você não o conhecer tão bem.

Meninos pequenos adoram estampas, porém à medida que vão ficando mais velhos, esse gosto vai mudando e as estampas tendem a ficar mais discretas, ou até mesmo desaparecer e dar lugar às listras e até mesmo aos modelos lisos.

Já as meninas gostam tanto das peças estampadas quanto das lisas. Para elas, que são mais ligadas em moda e tendências, o importante é que a peça tenha estilo, seja autêntica e principalmente, reflita a personalidade dela. As mais extrovertidas adoram franjas, babados, pedras e detalhes que tornem a sua peça única, especialmente quando vão crescendo e desenvolvendo sua personalidade. As mais novas adoram estampas de unicórnios, frutas, nuvens, sol e animais.

Na Chuá Chuá nós fazemos nossas peças levando em conta todos esses conceitos e levando sempre em consideração a alegria do seu filho, mas também com foco na qualidade dos produtos e na proteção dos pequenos.